Dez 20

Nesta quarta-feira (20), encerra o prazo para todas as empresas pagarem a 2ª parcela do 13º salário dos seus trabalhadores. Os gráficos da Casa Publicadora também receberam a 2ª parcela da bonificação financeira anual (PLR), conforme negociado pelo Sindicato da classe (Sindigráficos) nos últimos dias. A empresa estava devendo desde 5 de novembro, prazo final definido pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. A entidade também já checou que a 1 parte do 13º foi quitada corretamente. Além disso, o Sindicato está em negociação com a empresa para inserir no calendário de 2019 um feriado adicional para os funcionários do local. LEIA MAIS 


FONTE: STIG JUNDIAÍ 

written by FTIGESP

Dez 20

written by FTIGESP

Dez 20

Nosso atendimento ao público a partir de 07/01/2019, será de segunda a sexta - feira, das 9h às 12h e das 13h30min às 17h, sempre com horário previamente agendado para não incorrer risco de perda de tempo e não ser atendido. Portanto, qualquer atendimento no Sindicato será indispensável fazer o agendamento através de um dos nossos canais de atendimento eletrônico: Agendamento por e-mail: atendimento©stigabc.org.br; WhatsApp: (11) 94199-4705 LEIA MAIS 


FONTE: STIG ABC

written by FTIGESP

Dez 20

written by FTIGESP

Dez 19

Aumento acima da inflação e superior ao restante da classe no estado foi fixado na Kromos perante acordo com o STIG Campinas. Garantiu ainda PLR elevada e homologação da rescisão contratual no Sindicato até 2020

O salário da maioria dos gráficos paulistas obteve um reajuste de 4% a partir deste mês de novembro, que é a data-base da classe no estado. O aumento recuperou as perdas salariais diante da inflação anual. Já os empregados da gráfica Kromos no município de Monte Mor, tiverem um aumento maior devido uma negociação direta do Sindicato (STIG) local, presidido por Mococa. O dirigente conseguiu fechar um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com a empresa onde fixou o reajuste salarial em 5%.

Além do ganho real sobre a remuneração dos gráficos da Kromos, onde elevou o piso normativo a R$1.647 (nas indústrias gráficas convencionais) e o salário diferenciado (em copiadoras e xerografias) para R$ 1.355, o acordo garantiu outros benefícios até agosto de 2020. Entre os direitos, está a garantia da homologação pelo sindicato da rescisão contratual dos empregados que venham a ser demitidos no período. A obrigatoriedade está definida para todos trabalhadores a partir de um ano na empresa. Os demais direitos convencionados para a classe no estado ficam mantidos.

"A Kromos ainda está obrigada a pagar uma bonificação financeira anual com valores predeterminados neste novo acordo", conta Mococa. Pelos termos definidos, "a Participação nos Lucros e Resultados será calculada e distribuída em separado do pagamento dos salários mensais, mediante recibo específico, "através de duas parcelas semestrais, a serem pagas conjuntamente com os valores salariais dos meses competências março e setembro de 2019, no valor de R$ 820,45".

No próximo ano, a negociação sindical em favor dos gráficos da Kromos se dará somente em relação às questões econômicas e salariais, já que o conjunto de direitos já estão garantidos no acordo coletivo nos próximos 22 meses. Em 2019, portanto, a campanha será focada no novo aumento salarial, bem como a possibilidade de reajuste também no valor da PLR.

written by FTIGESP

Ir para página início  6 7 8 9 10 11 12 13 14 15  última